Regulamento

6º Prêmio ABEAR de Jornalismo

1. Introdução

 

O 6º Prêmio ABEAR de Jornalismo, edição de 2018, será regido pelo presente Regulamento, que se encontra arquivado em Ofício do Registro de Títulos e Documentos da Cidade de São Paulo.

Ele tem por finalidade nortear todas as etapas e ações do 6º Prêmio ABEAR de Jornalismo, criado e gerido pela Associação Brasileira das Empresas Aéreas – ABEAR, inscrita no CNPJ 15.799.709/0001-76, situada na Av. Ibirapuera, 2332 – Torre I – 2º andar, Moema, São Paulo – SP, CEP: 04028-002. Dele emanam todas as diretrizes a serem observadas tanto por aqueles que venham a atuar na organização e nas comissões julgadoras, quanto pelos jornalistas que inscreverem trabalhos no concurso. Ele também será o documento oficial de suporte, ao qual sempre se recorrerá nos casos de dúvidas ou questionamentos. Em relação aos casos omissos, no que diz respeito a questões de organização, serão corrigidos para as edições futuras; e no que for relativo às premiações, serão decididos pelas Comissões de Seleção e Premiação, no âmbito de suas atribuições previstas neste Regulamento, não cabendo sobre o que vier a ser decidido recurso de qualquer natureza.

 

 

2. Objetivos

 

O Prêmio ABEAR de Jornalismo, criado em 2013, tem o objetivo de estimular, reconhecer e valorizar matérias jornalísticas que focalizem a aviação e que possibilitem, direta ou indiretamente, maior conhecimento sobre a aviação civil comercial nacional, contribuindo desta forma para o desenvolvimento do setor e também estimulando o hábito de voar. Ele chega à sua sexta edição em 2018, razão pela qual recebe a denominação de 6º Prêmio ABEAR de Jornalismo.

 

 

3. Inscrição e período dos trabalhos

 

O ato de inscrição feito pelo jornalista implica a sujeição ao presente Regulamento, o mesmo valendo para os jurados por ocasião da aceitação do convite para integrar quaisquer das comissões de julgamento.

Poderão concorrer trabalhos jornalísticos originais – ou seja, que não tenham sido publicados ou veiculados anteriormente em qualquer outro veículo de comunicação –, de autoria de um ou mais profissionais de imprensa, casos de reportagens, séries de reportagens, edições especiais, programas, quaisquer que sejam as mídias, veiculados no período de 23 de setembro de 2017 a 30 de setembro de 2018, e regularmente inscritos entre os dias 21 de junho e 30 de setembro de 2018.

 

Como novidade desta edição, para reconhecer a importância da cobertura do tema, o Prêmio ABEAR de Jornalismo criou o Prêmio Especial Asas do Bem, cujo objetivo é promover e estimular reportagens que abordem o transporte de órgãos pela aviação comercial brasileira. Para esta categoria especificamente, valerão trabalhos publicados entre 21 de agosto de 2012 a 30 de setembro de 2018.

 

 

 4. As categorias

 

 

O 6º Prêmio ABEAR de Jornalismo terá oito premiações, distribuídas pelas seguintes categorias:

 

A) Categorias Temáticas (quatro)

  • Cargas
  • Competitividade
  • Experiência de Voo
  • Inovação e Sustentabilidade

B) Categoria Imprensa Setorizada (única)

C) Prêmio Especial Imprensa Regional (única)

D) Prêmio Especial Asas do Bem (única)

 

Além desses 7 prêmios, o trabalho que obtiver maior nota entre os vencedores das categorias temáticas ou setorizada será congraçado, durante a cerimônia de premiação, com o Grande Prêmio ABEAR de Jornalismo.

 

 

5. Detalhamento das categorias:

 

A) Categorias Temáticas, às quais concorrem trabalhos de toda a imprensa do País de todas as plataformas, exceção aos veículos da Imprensa Setorizada:

 

  • Cargas
    • Matérias que mostrem as potencialidades e as conquistas da aviação civil comercial nacional no transporte de cargas em relação a outros modais;
    • Matérias que destaquem aspectos relevantes do transporte aéreo de cargas, como capacidade de movimentação e armazenagem, segurança, rapidez, indicadores econômicos, abrangência dos serviços, uso intensivo de tecnologia, inteligência, frota e qualidade de aeronaves em uso, evolução do segmento, treinamento de pessoal, conectividade.
  • Competitividade
    • Matérias que apontem o avanço da competitividade da aviação civil comercial nacional, representada por fatores como crescimento de usuários, redução de tarifas e ampliação da malha aeroviária, com maior número de voos, novos destinos, voos mais rápidos, incremento dos procedimentos que proporcionem maior segurança aos passageiros e às tripulações.
    • Matérias que apontem os entraves conjunturais que podem influenciar negativamente no crescimento do setor, como má distribuição da malha aérea, concentração de aeroportos, sobrecarga e problemas de infraestrutura nos terminais aéreos, altos custos operacionais etc.
    • Matérias que esclareçam a sociedade sobre como a composição do preço no setor da aviação civil comercial nacional é diretamente impactada por fatores como impostos incidentes sobre o combustível, tarifas aeroportuárias, tarifas de navegação e questões regulatórias etc.
    • Matérias que mostrem, isoladamente ou no conjunto das empresas, como as cias aéreas e seus executivos trabalham suas gestões, de maneira a tornar as empresas mais eficientes, com diminuição de custos e melhoria dos serviços para os usuários, sobretudo quando as condições econômicas do país são adversas.
    • Matérias que abordem questões relativas à infraestrutura dos aeroportos, o controle de tráfego aéreo e fiscalização que proporcionem melhor desempenho do setor.
    • Matérias que abordem questões relativas à desregulamentação do setor e os benefícios que a aplicação de planos e eventuais mudanças nos regulamentos atualmente em vigor podem proporcionar a companhias e usuários.
    • Matérias que abordem o funcionamento da atividade em seus aspectos gerais, como logística, facilidades e benefícios oferecidos, relação custo-benefício do modal etc.
  • Experiência de Voo
    • Matérias que mostrem de maneira construtiva as experiências humanas vivenciadas em viagens de avião, retratando positivamente comportamentos, novas sensações, aumento da autoestima, valorização pessoal.
    • Matérias que focalizem histórias de viagens com personagens que caracterizem sensações particularmente satisfatórias do hábito de voar, bem como a facilitação proporcionada a profissionais que se valem desse meio de transporte.
    • Matérias que mostrem os benefícios e as transformações acrescentadas à vida de novos viajantes devido à conquista da ascensão socioeconômica.
    • Matérias que mostrem a experiência e o crescimento pessoal e/ou profissional dos que trabalham na aviação etc.
    • Matérias que remetam à história da aviação comercial brasileira, seu desenvolvimento, personagens e fatos marcantes e que contribuam para a preservação da memória desse setor.
  • Inovação e Sustentabilidade
    • Matérias que focalizem desenvolvimentos tecnológicos no setor da aviação civil comercial nacional que resultem em mais rapidez, conforto e segurança para os usuários desse meio de transporte, assim como a todos os profissionais envolvidos em suas operações.
    • Matérias que indiquem a aplicabilidade da Sustentabilidade no setor da aviação civil comercial nacional, por intermédio de um ou mais dos três eixos que a caracterizam (econômico, ambiental e social), em alinhamento com as inovações tecnológicas que estejam sendo introduzidas pelas companhias aéreas em todos os seus procedimentos.
    • Matérias que mostrem projetos de inovação que impactem na racionalização de custos, na formação de tarifas mais econômicas, no aumento de segurança de voo, na maior eficiência no tempo de viagens etc.

 

Atenção: Poderão concorrer às quatro categorias temáticas, obedecidos os prazos e critérios do presente Regulamento, trabalhos de veículos da imprensa geral de todas as plataformas, a saber: jornal, revista, rádio, televisão e internet (sites e blogs jornalísticos). Os trabalhos dessas plataformas concorrerão entre si, nas categorias em que estiverem inscritos.

 

 

B) Categoria Imprensa Setorizada

Todas as matérias produzidas por veículos especializados em aviação civil comercial nacional e áreas a ela vinculadas, como turismo e logística, entre outras, deverão ser inscritas nesta categoria, mas é necessário que abordem uma ou mais das temáticas – Cargas, Competitividade, Experiência de Voo, e Inovação e Sustentabilidade –, cujo detalhamento está explicitado nas Categorias Temáticas (Item A).

 

Atenção: Poderão concorrer à categoria Imprensa Setorizada, obedecidos os prazos e critérios do presente Regulamento, trabalhos de veículos jornalísticos especializados em aviação civil comercial nacional e áreas a ela vinculadas, como turismo e logística, entre outras, de todas as plataformas jornalísticas, a saber: impresso, digital, rádio e televisão. Todos os trabalhos inscritos nesta categoria concorrerão entre si, independentemente de plataforma ou de categoria temática.

 

 

C) Prêmio Especial Imprensa Regional

Do mesmo modo que nas categorias anteriores, também nesta os trabalhos deverão versar sobre Cargas, Competitividade, Experiência de Voo ou Inovação e Sustentabilidade, cujo detalhamento está explicitado nas Categorias Temáticas (Item A).

O objetivo do Prêmio Especial Imprensa Regional é valorizar a realização de matérias sobre aviação civil comercial nacional por veículos/jornalistas sediados fora das cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.

 

Atenção: Não serão aceitas inscrições diretamente nesta categoria, pois o vencedor sairá dos finalistas das Categorias Temáticas, escolhidos pela Comissão de Premiação entre os trabalhos produzidos por veículos sediados fora das cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.

 

 

D) Prêmio Especial Asas do Bem

O objetivo desta categoria é promover e estimular reportagens que abordem o transporte de órgãos pela aviação comercial brasileira. Trata-se da maior e mais importante iniciativa de transporte de órgãos para transplante do país, responsável por salvar vidas em todo o Brasil e que é colocado em prática gratuitamente pelas associadas da ABEAR. Por ano, são transportados, sem nenhum custo, mais de 7 mil órgãos, tecidos e equipes médicas.

 

Atenção: Exclusivamente para esta categoria, serão aceitos trabalhos jornalísticos publicados entre 21 de agosto de 2012 a 30 de setembro de 2018, desde que não tenha sido vencedor em alguma edição do Prêmio ABEAR de Jornalismo.

 

 

E) Grande Prêmio ABEAR

O Grande Prêmio ABEAR será concedido pela Comissão de Premiação ao trabalho que obtiver a maior nota entre os vencedores das categorias temáticas (Cargas, Competitividade, Experiência de Voo e Inovação e Sustentabilidade) ou de Imprensa Setorizada. Desse modo, também para esta categoria não haverá inscrições.

Assim como na edição anterior, o vencedor do Grande Prêmio será anunciado apenas na cerimônia de premiação.

Os vencedores da Categoria Especial Asas do Bem não concorrem ao Grande Prêmio ABEAR.

 

 

6. Quem pode se inscrever e como fazer a inscrição

 

  • Podem se inscrever no 6º Prêmio ABEAR de Jornalismo os profissionais de mídia que estejam atuando como contratados ou em atividade freelance na imprensa brasileira, em veículos de comunicação – gerais ou especializados.
  • Apenas reportagens publicadas no Brasil, em língua portuguesa, podem ser inscritas.
  • Profissionais que tenham vencido ou venham a vencer qualquer das categorias do Prêmio ABEAR de Jornalismo por dois anos consecutivos ficarão automaticamente impedidos de concorrer na edição seguinte. Passado o intervalo de uma premiação, esses profissionais poderão voltar a concorrer normalmente. No caso de equipes, se forem integradas por profissionais diferentes, podem concorrer sem restrições. O objetivo é dar oportunidade e reconhecer maior número possível de talentos jornalísticos que escrevam sobre o setor da aviação civil comercial nacional.
  • É vedada a participação de trabalhos publicados pelas revistas de associadas ABEAR ou de outras empresas aéreas e também de trabalhos de autoria de colaboradores das associadas ABEAR, a menos que tenham sido veiculados quando o(s) autor(es) ainda não tinha(m) vínculo com as associadas ABEAR.
  • As inscrições, independentemente de plataforma editorial (jornal, revista, rádio, tevê e internet), deverão ser direcionadas a uma das quatro categorias temáticas do concurso, que são Cargas, Competitividade, Experiência de Voo e Inovação e Sustentabilidade ou à categoria Imprensa Setorizada e Prêmio Especial Asas do Bem.
  • Para a categoria Asas do Bem, cujas matérias inscritas podem ter sido publicadas desde 21/08/2012, é vedada a participação de trabalho que já tenha sido vencedor de qualquer edição do Prêmio ABEAR de Jornalismo.
  • O participante deverá preencher a Ficha de Inscrição online e enviar seus trabalhos de forma virtual pelo site www.premioabear.com.br.
  • As inscrições individuais deverão ser feitas pelo próprio autor ou, na sua impossibilidade, por razões de doença, viagem ou qualquer outro motivo de força maior, por um representante legal do veículo.
  • As inscrições em equipe deverão ser feitas por um dos seus membros ou representante legal do veículo.
  • Não há limite para o número de trabalhos inscritos nas categorias temáticas (Cargas, Competitividade, Experiência de Voo e Inovação e Sustentabilidade), à categoria Imprensa Setorizada e ao Prêmio Especial Asas do Bem, mas é vedada:

                                                

i. A inscrição da mesma matéria em mais de uma categoria temática (exemplo: se a matéria abranger mais de uma categoria temática, o autor deverá escolher em qual quer inscrevê-la, não podendo optar por mais de uma);

ii. E/ou inscrever o mesmo trabalho em mais de uma plataforma (exemplo: matéria publicada em um jornal ou revista e também no site do veículo não poderá ser inscrita nessas diferentes plataformas, mas apenas em uma delas);

 

  • No caso de séries jornalísticas, é opcional ao participante ou equipe inscrever a série toda como uma única inscrição ou dividi-la em no máximo três inscrições nas categorias temáticas pertinentes.
  • No caso de programa especializado de televisão, que tenha horário fixo na grade de programação, a inscrição só poderá ser feita por episódio apresentado e não pelo conjunto de programas exibidos.
  • Para se inscrever, o participante precisará de login e senha. O login será o seu próprio CPF e a senha será criada por ele, podendo ser somente numérica ou alfanumérica, desde que tenha oito dígitos. Desse modo, os jornalistas poderão inscrever novos trabalhos, se assim desejarem, em diferentes oportunidades.
  • Os trabalhos não assinados deverão ter sua autoria atestada por uma declaração da empresa assinada pela Direção ou Chefia de Reportagem. Essa declaração deverá ser enviada à Organização do Prêmio pelo e-mail premioabear@abear.com.br, até o dia 30 de setembro de 2018, data em que se encerram as inscrições;
  • Caso o profissional tenha deixado o veículo em que o trabalho por ele inscrito tenha sido publicado ou veiculado ou ele seja um freelance, deverá enviar à Organização do Prêmio, pelo e-mail premioabear@abear.com.br, uma declaração desse mesmo veículo, assinada por um representante legal, autorizando a inscrição e a veiculação do trabalho para efeitos institucionais no site da ABEAR;
  • Os arquivos digitais referentes aos veículos impressos enviados com a Ficha de Inscrição pelo site deverão ter claros em sua visualização o nome do veículo e a data de publicação/veiculação da matéria;
  • Os formatos de arquivos que serão aceitos pelo site são os seguintes:
  1. Jornais e revistas: PDF de até 30 Mb por arquivo;
  2. Televisão: MP4 de até 80 MB e/ou por meio da indicação de link na ficha de inscrição por arquivo;
  3. Rádio: MP3 de até 30 MB e/ou por meio da indicação de link na ficha de inscrição por arquivo;
  4. Internet: link para site, para matéria específica em site ou para blog inscrito. Caso a matéria tenha mais de um link em seu conteúdo, todos os links da mesma devem ser anexados como arquivos do trabalho.
  • Se a matéria for classificada como finalista, seu autor ou o responsável pela inscrição deverá fazer chegar à Organização do Prêmio, até o dia 22 de outubro de 2018:
    • Jornais e revistas: um exemplar impresso do trabalho ou um PDF impresso em tamanho A3 para revistas ou tamanho A4 para jornais;
    • Para as matérias produzidas para internet, televisão e rádio, não há necessidade de envio, desde nas inscrições feitas via link seja garantido que o mesmo esteja ativo até a data do anúncio dos vencedores (25/10).

 

Não serão devolvidos trabalhos em papel ou outros meios encaminhados pelos candidatos finalistas para a etapa final de julgamento.

 

 

7. As premiações

 

 

O 6º Prêmio ABEAR de Jornalismo concederá as seguintes premiações em dinheiro, em valores líquidos:

  1. Categoria Cargas

R$ 6.000,00

  1. Categoria Competitividade

R$ 6.000,00

  1. Categoria Experiência de Voo

R$ 6.000,00

  1. Categoria Inovação e Sustentabilidade

R$ 6.000,00

  1. Categoria Imprensa Setorizada

R$ 6.000,00

  1. Prêmio Especial Imprensa Regional

R$ 6.000,00

  1. Prêmio Especial Asas do Bem

R$ 6.000,00

  1. Grande Prêmio ABEAR

R$ 6.000,00

 

Atenção: Essa premiação será cumulativa ao prêmio conquistado na respectiva categoria – Temática ou Setorizada. Assim sendo, o vencedor do GP acumulará R$ 12.000,00, pela soma das duas categorias.

 

 

Total da premiação: R$ 48.000,00

 

 

8. O pagamento

 

O pagamento das respectivas premiações será feito em cheque nominal aos respectivos vencedores.

No caso de equipe, será emitido um único cheque, no valor da premiação, nominal ao profissional apontado na Ficha de Inscrição como responsável por ela.

A ABEAR em hipótese alguma se responsabilizará pela eventual divisão do prêmio entre os integrantes da equipe, cabendo essa responsabilidade ao jornalista indicado na Ficha de Inscrição ou quem por ele vier a ser indicado.

 

 

9. Troféus e certificados de participação

 

Além do prêmio em dinheiro, os vencedores das categorias temáticas Cargas, Competitividade, Experiência de Voo e Inovação e Sustentabilidade, da categoria Imprensa Setorizada, do Prêmio Especial Imprensa Regional, do Prêmio Especial Asas do Bem e do Grande Prêmio ABEAR receberão um troféu e um certificado.

 

No caso de trabalhos em equipe, todos os profissionais cujos nomes constem da Ficha de Inscrição receberão certificados de vencedor.

 

Os demais finalistas receberão certificados online de participação.

 

 

10. Etapas e comissões de julgamento

 

As matérias inscritas no 6º Prêmio ABEAR de Jornalismo serão submetidas a duplo julgamento:

 

  1. A Comissão de Seleção indicará até cinco finalistas em cada uma das quatro categorias temáticas, da categoria Imprensa Setorizada e do Prêmio Especial Asas do Bem.
  2. A Comissão de Premiação indicará os vencedores das categorias temáticas Cargas, Competitividade, Experiência de Voo e Inovação e Sustentabilidade; o vencedor da categoria Imprensa Setorizada, o vencedor do Prêmio Especial Imprensa Regional e Asas do Bem e o vencedor do Grande Prêmio ABEAR.

 

Os critérios que deverão ser observados no julgamento dos trabalhos jornalísticos inscritos nas categorias temáticas, na categoria Imprensa Setorizada e no Prêmio Especial Asas do Bem são os seguintes:

 

                                       i.    Adequação do trabalho ao Regulamento – este critério é exclusivo para o trabalho da Comissão de Seleção e terá caráter eliminatório

                                       ii.    Criatividade da pauta e da abordagem do tema

                                       iii.    Qualidade do texto

                                       iv.    Consistência e qualidade do conteúdo

                                       v.    Edição

 

Comissão de Seleção – A Comissão de Seleção contará, além de dois jurados, com um coordenador que atuará também na fase de Premiação. Todos os jurados desta etapa serão jornalistas experientes e de reconhecida trajetória profissional. A função desta Comissão será averiguar se os trabalhos inscritos enquadram-se no que o Regulamento determina e indicar até cinco finalistas, de qualquer mídia, para cada uma das quatro categorias temáticas, e até cinco finalistas para a categoria Imprensa Setorizada e Prêmio Especial Asas do Bem.

 

O coordenador dessa Comissão terá a responsabilidade de definir o seu modus operandi, inclusive quanto a reuniões presenciais para a avaliação dos trabalhos e a escolha dos finalistas das categorias anteriormente mencionadas. A Comissão de Seleção terá ainda autonomia de fazer a troca de categoria de um trabalho, caso entenda que ele esteja inscrito em uma incorreta.

 

Comissão de Premiação – A Comissão de Premiação será integrada pelo coordenador da Comissão de Seleção – que nesta fase não terá direito a voto – e por outros quatro jurados, todos jornalistas experientes e de reconhecida trajetória profissional e que não tenham vínculos com a ABEAR ou com os trabalhos finalistas em julgamento. Os jurados terão a missão de analisar todos os trabalhos finalistas indicados pela Comissão de Seleção e, mediante os critérios e metodologia definidos pelo Regulamento, escolher os vencedores das quatro categorias temáticas – Cargas, Competitividade, Experiência de Voo e Inovação e Sustentabilidade –, da categoria Imprensa Setorizada, dos Prêmios Especiais Imprensa Regional e Asas do Bem e do Grande Prêmio ABEAR.

 

A Comissão de Seleção e as Comissões de Premiação são soberanas e sobre suas decisões não cabem recursos de qualquer natureza.

 

 

11. O anúncio de finalistas e vencedores

 

O anúncio de finalistas e vencedores será feito pela Organização do 6º Prêmio ABEAR de Jornalismo após as reuniões das Comissões de Seleção e de Premiação.

 

 

12. Cerimônia de premiação

 

A cerimônia de premiação, em que serão entregues os prêmios e respectivos certificados de vencedores do 6º Prêmio ABEAR de Jornalismo, ocorrerá no mês de novembro, em data, horário e local a serem definidos oportunamente.

 

A Organização do Prêmio custeará, quando necessário, viagem, hospedagem e alimentação dos vencedores de fora do Estado em que acontecerá a premiação.

 

No caso de vitória em equipe, a Organização custeará a vinda apenas do autor  responsável indicado na Ficha de Inscrição ou, na impossibilidade de seu comparecimento, de outro integrante da equipe por ele indicado, de acordo com os critérios aqui descritos.

 

 

13. A divulgação dos trabalhos

 

Ao se inscrever no 6º Prêmio ABEAR de Jornalismo, os jornalistas e respectivos veículos de comunicação concordam e autorizam a divulgação dos respectivos trabalhos pelos canais de comunicação da ABEAR, para fins exclusivamente institucionais. O objetivo é ampliar o alcance e a repercussão desses trabalhos junto ao público em geral.

 

 

14. Cronograma do Prêmio

 

O 6º Prêmio ABEAR de Jornalismo seguirá o seguinte cronograma, relativo ao ano de 2017:

 

  • Lançamento do Prêmio e Abertura das inscrições
    • 21 de junho
  • Encerramento das inscrições
    • 30 de setembro
  • Comunicado dos finalistas
    • 11 de outubro
  • Anúncio dos vencedores (exceto Grande Prêmio)
    • 25 de outubro
  • Evento de premiação e anúncio do Grande Prêmio
    • Em data a ser definida, no mês de novembro

 

 

15. Dúvidas e esclarecimentos

 

Para esclarecimento de dúvidas, a coordenação do 6º Prêmio ABEAR de Jornalismo coloca à disposição dos jornalistas o e-mail premioabear@abear.com.br.

 

Os organizadores, no entanto, se dão o direito de atender a dúvidas, no caso de inscritos, apenas dos jornalistas responsáveis pela inscrição (autores ou representantes legais dos veículos) ou de alguém por estes indicados.

 

 

Prêmio ABEAR de Jornalismo - Todos os direitos reservados ®